quinta-feira, 29 de dezembro de 2005

quarta-feira, 28 de dezembro de 2005

poemas que ficam


in time of daffodils (who know
the goal of living is to grow)
forgetting why, remember how

in time of lilacs who proclaim
the aim of waking is to dream,
remember so (forgetting seem)

in time of roses (who amaze
our now and here with paradise)
forgetting if, remember yes

in time of all sweet things beyond
whatever mind may comprehend,
remember seek (forgetting find)
and in a mystery to be
(when time from time shall set us free)
forgetting me, remember me

e.e. cummings

SC

em audição

(libertadora, faz bem aos ossos)



Quem é mais sentimental que eu?!!...

belos ossos

Remains Of The Day
Hey, give me a listen, you corpses of cheer
At least those of you who still got an ear
I'll tell you a story that'd make a skeleton cry
Of our own jubiliciously lovely Corpse Bride

*Die, die, we all pass away
But don't wear a frown, 'cause it's really okay
You might try and hide, and you might try and pray
But we all end up the remains of the day
Yeah, yeah, yeah, yeah, yeah
Yeah, yeah, yeah

Well, our girl was a beauty known for miles around
(there's a word here, maybe and?) A mysterious stranger came to town
He was pretty good looking, but down on his cash
And our poor little baby, she fell hard and fast
But her daddy said "No," she just couldn't cope
So our lovers came up with a plan to elope

* (followed by scatting from Bonejangles)("yeah"s multiple times)
(Instrumental)

Yeah, so they conjured up a plan to meet late at night
They told not a soul, kept the whole thing tight
Now her mother's wedding dress fit like a glove
You don't need much when you're in love
Except for a few things, or so I'm told
Like the family jewels, and a sachel of gold
Then next to the graveyard by the old oak tree
On a dark foggy night at a quarter to three
She was ready to go, but where was he?

Corpse: And then?

Jangles: She waited

Corpses: And then?

Jangles: there in the shadows, was it her man?

Corpses: And then?

Jangles: Her little heart beat soooooooo loud!

Corpses: And then???

Jangles: And then, baby, everything went black (deep voice)

Now when she opened her eyes, she was dead as dust
Her jewels were missing, and her heart was bust
So she made a vow lying under that tree
That she'd wait for her true love to come set her free
Always waitin for someone to ask for he rhand
When ot of the blue comes this groovy young man
Who vows forever to be by her side
And that's the story of our Corpse Bride


danny elfman


SC

a menina dança?



ainda os economistas



terça-feira, 27 de dezembro de 2005

domingo, 25 de dezembro de 2005

Feliz Natal

Durante o dia de hoje morreram cerca de 43200 seres humanos à fome, metade dos quais: crianças.

A Todos um Feliz Natal!


M W

quinta-feira, 22 de dezembro de 2005

Dezembro (II)



Fica assim no natal, Ponta Delgada, de ruas sujas mas faustosamente iluminada. Consta que com os restos de 04 do Funchal, essa outra urbe laranja do Atlântico.

SC

premonições a evitar a 1 mês de distância

a semana que vai passando (IV)
... Silva classificou hoje como “um mero problema técnico” as incorrecções detectadas na proposta de Orçamento Rectificativo para 2005, apresentado pelo Governo.
estarão desculpabilizados os economistas? olhe que não, senhor professor, olhe que não

PEC
acaba o 1º mês do ciclo do realizador
hoje até comprei com antecedência o bilhete
mas preferi ficar a dar na cabeça dos economistas

the economist
quando o ministèrio das finanças se diz proximo, quase umbilical, do banco de portugal, e a OCDE se nomeia 'salvaguarda' da economia e da politica portuguesa, não me orgulho nada em (querer) ser economista

rumo à final em Paris

Ryanair reforça aposta em Portugal e lança novas rotas
"No Porto … em Fevereiro do próximo ano, vai começar a operar a partir de Paris e Liverpool" (Público, pág. 28)



nasceu o David

ontem, pelas 5 da tarde, e o M., com um discurso muito bonito, emocionou-me com essa nova vida para um ano novo

quarta-feira, 21 de dezembro de 2005

terça-feira, 20 de dezembro de 2005

em leitura



SC

o lado negro da força

a julgar pelos números (sempre a julgar pelos números) e mesmo não nos deixando abater por eles, 2006 não começará da melhor forma.

SC

segunda-feira, 19 de dezembro de 2005

José Dias Coelho

A morte saiu à rua num dia assim
Naquele lugar sem nome pra qualquer fim
Um a gota rubra sobre a calçada cai
E um rio de sangue dum peito aberto sai

O vento que dá nas canas do canavial
E a foice duma ceifeira de Portugal
E o som da bigorna como um clarim do céu
Vão dizendo em toda a parte o pintor morreu

Teu sangue, Pintor, reclama outra morte igual
Só olho por olho e dente por dente vale
À lei assassina à morte que te matou
Teu corpo pertence à terra que te abraçou

Aqui te afirmamos dente por dente assim
Que um dia rirá melhor quem rirá por fim
Na curva da estrada há covas feitas no chão
E em todas florirão rosas duma nação

contagem decrescente



SC

sexta-feira, 16 de dezembro de 2005

poemas que rondam (v)

Sei de beijos mais nocturnos do que a terra
Animais submersos entre violentas árvores
vêm ao cimo das bocas convulsivos oleosos
Sei da grandeza fulgurante ondulada e eléctrica
das bocas ávidas e do sangue que vem do fundo
como um incêndio que floresce em lábios espumosos
Sei de uma estranha suavidade e de um pensativo ardor
que modula o beijo numa demora fascinada
Quem poderia dizer a glória fluida e ardentíssima
destes líquidos músculos que desembocam em estuários de espuma?
Sei de beijos como abelhas de sol e como uma agonia
de uma longa glória. Conheço as matérias salgadas
e agridoces a argila a seiva o vinho
e o grés das axilas a lua negra do púbis
Conheço o sabor aceso e espesso do intacto
que imediato se entrega na violência silenciosa

António Ramos Rosa
SC

segunda-feira, 12 de dezembro de 2005

sexta-feira, 9 de dezembro de 2005

Um comentário anti-climax

Atrevo-me a dizer que o jogo de 4ª feira frente ao Manchester United foi um daqueles jogos em que tudo correu bem ao Benfica. E explico o que quero dizer com o "tudo correu bem":

1 - jogaram o último jogo do grupo em casa contra uma equipa do velho futebol inglês (4-4-2, futebol directo, defesa fraca, praticamente sem rotinas de segurar o jogo a meio campo - i.e. com todas aquelas características que fazem com o que o Chelsea seja o paradigma do ditado "em terra de cegos, quem tem um olho é rei" embora reconheça que o Chelsea até tem dois olhos...)
2 - sofreram um golo muito cedo, dando tempo mais que suficiente para dar a volta ao resultado
3 - marcaram o 1º golo pouco tempo depois de estar em desvantagem num lance em que o cruzamento do Nélson passa debaixo das pernas do lateral do ManUtd. Admito que o gesto técnico do Geovanni foi do melhor que lhe vi fazer desde que chegou a Portugal, mas era tão improvável que imagino que nenhum adepto do Benfica (tirando talvez o dos quinje-a-jero dos Gato Fedorento) acreditasse antes do jogo que o gajo poderia fazer tal coisa.
4 - Marcaram o golo da vantagem ainda antes do intervalo num remate de fora da área que ressalta num defesa adversário. E fê-lo pelo gajo mais improvável (acho que nem mesmo o dos quinje-a-jero apostaria que o Beto iria marcar um golo neste jogo)
5 - O Alex Ferguson é o treinador mais teimoso e burro que eu conheço (I). Pôr o C.Ronaldo a jogar pelo meio quando o Benfica tinha numa das laterais um defesa não rotinado no lugar, não lembra mesmo a ninguém.
6 - O Alex Ferguson é o treinador mais teimoso e burro que eu conheço (II). Jogar contra uma equipa que tem dois bons centrais altíssimos (admito que foram os melhores em campo, juntamente com o Petit) numa táctica de cruzamentos para a área assim que passam do meio campo, é mesmo de um "iluminado". Acho que só mesmo o Peseiro se equivale ao ferguson com a táctica que utilizou frente às torres do Halmstaad
7 - O Alex Ferguson é o treinador mais teimoso e burro que eu conheço (III). Tirar um desequilibrador nato como o C. Ronaldo para pôr um coreano medianíssimo que só foi contratado para vender umas camisolas no mercado asiático não lembra ao diabo. Enfim, admito que aqui o escocês tenha bebido um pouco da "sapiência" do Queirós (ainda não me esqueci daquela "fantástica" substituição no jogo dos 3-6 em que o professor donuts tirou o Paulo Torres para pôr o Pacheco)
8 - O Giggs está a anos luz do que lhe conhecemos e o Nistelroy deve ter andado a ver uns vídeos do Nuno Gomes a atacar

Penso que estes 8 argumentos são mais que suficientes para explicar a minha tese do "tudo correu bem"

Acrescento ainda que a vitória do Benfica não me surpreendeu. Na tarde de 4ª feira, num mail para uns amigos benfiquistas que muito prezo, escrevi o seguinte:
"Normalmente os bifes são tenrinhos. Por isso, apesar das lesões, acho que ainda têm hipóteses. Vejam que o SCP, apesar do Peseiro, conseguiu eliminar 3 o ano passado". Se eu acertasse assim no Euromilhões...

Ainda assim, aqui ficam os meus parabéns mas, para finalizar, só vos quero dizer para não embandeirarem em arco e para terem alguma humildade pois o Manchester esteve fraquinho demais para se poder dizer que o jogo de 4ª foi um grande feito. Esses epítetos ajustam-se bem a jogos tipo o SCP 5 - Man Utd (do Best, Bobby Charlton & ca.) 0 da Taça das Taças de 63/64 (estou certo que os benfiquistas se lembrarão de jogos análogos e portanto escuso-me a enunciá-los) mas não a este. Parece-me que discursos do tipo "Quem vier, morre!" só vêm em desprimor dos adeptos do Benfica - é mesmo de quem considera os adeptos do clube como uns acéfalos que nada percebem de bola, i.e. adeptos tipo quinje-a-jero

Tenho dito!

PS - Com a maré de sorte com que andam, ainda vão apanhar o menos forte dos possíveis adversários - o Arsenal - mas com um Thierry Henry a passar na brasa pela defesa do Benfica, parece-me difícil safarem-se para lá dos oitavos.

Miguel Alves

o melhor da Argentina (VII)

mesmo depois de reviver Sarajevo e o Adriático, Macchu Picchu e os Andes bolivianos, do fantástico e maravilhoso espectáculo de 4ª feira à noite, do reencontro com as pessoas amigas, saber que a Mar tem vontade de ouvir as estórias, ver as fotografias e sonhar com os mapas das futuras viagens

o cobrador de fraque

andava eu à procura do cobrador de fraque e descobri hipatia











quinta-feira, 8 de dezembro de 2005

densidade relativa










SC

branco mais branco não há


1 kg de amoras,
1 litro de aguardente,
500grs de açúcar
1 litro de água

Colocam-se as amoras dentro dum frasco com a aguardente, e deixa-se repousar por 2 semanas. Depois desse periodo de tempo, derrete-se o açúcar na água quente. Junta-se a isto a mistura de aguardente e amoras, engarrafa-se e deixa-se repousar por 4 semanas. Depois filtra-se e engarra-se.

SC

quarta-feira, 7 de dezembro de 2005

daqui a 12 horas



apareçam nas roulottes do Alto dos Moinhos para festejar com coiratos e entremeada a vitória do Benfica

terça-feira, 6 de dezembro de 2005

o grande debate

ontem assisti na RTP-1 a um debate sincero, sem vergonhas do passado, com algumas mágoas, algumas omissões, e uma surpreendente ingenuidade (ou loucura?) do Otelo. apesar de tudo, mantenho o obrigado pelo 25 de Abril, e até talvez pelo de Novembro



(pela manchete do CM parece que noutro canal de televisão se assitiu a uma alegre cavaqueira)

segunda-feira, 5 de dezembro de 2005

outro Natal é preciso (continuações)




poemas que rondam (iv)

Creio nos anjos que andam pelo mundo,
Creio na Deusa com olhos de diamantes,
Creio em amores lunares com piano ao fundo,
Creio nas lendas, nas fadas, nos atlantes,

Creio num engenho que falta mais fecundo,
De harmonizar as partes dissonantes,
Creio que tudo é eterno num segundo,
Creio num céu futuro que houve dantes,

Creio nos deuses de um astral mais puro,
Na flor humilde que se encosta ao muro,
Creio na carne que enfeitiça o além,

Creio no incrível, nas coisas assombrosas,
Na ocupação do mundo pelas rosas,
Creio que o amor tem asas de ouro. Ámen.


Natália Correia

SC

K4 quadrado azul

A SNBA, local que há uns anos frequentei com assiduidade (e gosto e gozo) escolar, está a mudar. Novos cursos, uma newsletter regular, exposições de vanguarda…
Gosto de vê-la assim, com nova vontade de fazer e de quebrar as barreiras do seu (latente) conservadorismo institucional.

SC

o melhor da Argentina (VI)

desenhada pelo Hugo Pratt e caricaturada pelo Quino


os bons 'polícias'

hoje, na Cinemateca

* às 19h


* às 22h


domingo, 4 de dezembro de 2005

belos sonhos


fazer da casa um manifesto estético


Klimt, die jungfrau


SC